Eu venci | Boletim do Patrocinador | Certeza da Vitória

Um guerreiro!

Com fé e atitude, derrubou limites
1 de agosto de 2021
América
1 de setembro de 2021
Avós, pais e irmãs reunidos para comemorar a saúde de Luiz Gustavo: bebê vitorioso – Foto: Arquivo pessoal

UM GUERREIRO!

Luiz Gustavo vence a covid-19 com apenas dois meses de vida


O’Hara Santos


Nailton da Conceição Pacheco, 53 anos, é morador do município de Arujá, em São Paulo, e foi testemunha do milagre ocorrido na vida do neto, Luiz Gustavo. “Ele pegou pneumonia bacteriana e também foi infectado pelo coronavírus com apenas dois meses de vida”, recorda-se.

O bebê e a mãe, Jaine Santos Pacheco, 27 anos, ficaram internados em isolamento durante quatro dias. Ter uma criança hospitalizada é uma experiência ameaçadora e jamais planejada por pais e mães. Ainda mais no caso de Jaine e do marido, Silvio Lobo Filho.

Nailton segura nos braços o neto curado: livramento de todas as enfermidades – Foto: Arquivo pessoal

Pais de três meninas, Nicolly, 10 anos, Laura, 9, e Mariana, 3, eles sonhavam com a chegada de um menino, mas já haviam passado por duas perdas gestacionais, antes do nascimento de Luiz Gustavo. Agora, precisavam enfrentar o drama de ver o pequeno bebê acamado.

Luiz Gustavo nasceu com um quadro de bronquiolite, e Jaine fez de tudo para solucionar o problema em casa, mas a situação se agravou. “Ele tossia demais e teve febre alta por um dia inteiro. Levei-o ao hospital, e, depois da realização de alguns exames, veio a confirmação de covid-19. Meu bebê foi parar no balão de oxigênio”, explica.

Sem perder as esperanças, Nailton procurou apoio espiritual no programa SOS da Fé. “Eu participava, com o Pr. Rogério Postigo, da oração e bebia a água consagrada”, diz o avô.

De dentro da enfermaria, Jaine assistia ao SOS da Fé, orava e, com os pastores, determinava a cura do filho. “Eu estava amamentando-o. De repente, ele vomitou e, ao mesmo tempo, liberou o mal pelas fezes e pelo nariz. Naquele instante, senti a presença do Espírito Santo, confirmando o milagre”.

Os médicos, segundo Jaine, não acreditaram no que havia acontecido. “Depois, checaram os exames do Luiz Gustavo e perceberam que tudo havia se normalizado. Deram alta ao meu filho, que saiu do hospital sem sequela alguma. Ele está muito bem até hoje. Graças ao Senhor, ninguém da família testou positivo para covid-19”, agradece.   

Nailton comemora: “Para a glória de Deus, meu neto teve o livramento de todas as enfermidades”, garante ele, que faz questão de destacar: “O menino está esperto. É um guerreiro!”. Jaine encerra: “Foi um susto! Mas o Luiz Gustavo é um vitorioso”.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *