Prosperidade | Boletim do Patrocinador | Certeza da Vitória

Prosperidade

América / África
1 de novembro de 2020
Missões Globo – Bangladesh
1 de novembro de 2020
Exibir tudo
Vanda, no templo da Igreja da Graça – Foto: Divulgação

“DEUS DO IMPOSSÍVEL”

Prejudicada em cheio pela paralisação de suas atividades profissionais na pandemia, Vanda encontrou na fidelidade ao Senhor a base para superar a crise

A pandemia de covid-19 não afetou somente a saúde de milhões de brasileiros. Para muita gente, a crise sanitária, com a consequente paralisação de diversas atividades econômicas, representou uma ruína financeira – particularmente, para os profissionais autônomos, que não contam com garantias salariais e previdenciárias. Apenas com bastante trabalho, esperança e fé tem sido possível ensaiar uma recuperação. Assim aconteceu com a depiladora Maria Vanda Pereira Basílio, 54 anos, do Rio de Janeiro. Do dia para a noite, ela se viu sem rendimentos. “O pessoal ficou com medo da doença e desapareceu”, explica. “Trabalho, há mais de 35 anos, e vi minhas clientes me deixando. Ninguém esperava uma coisa dessas. Quando a pandemia começou, parei minhas atividades, e as contas se acumularam; foi então que usei a fé”, lembra-se. 

A depiladora, em seu trabalho: confiança na provisão divina Foto: Divulgação

Vanda teve facilidade para confiar na provisão divina, pois sempre creu na fidelidade de Deus em relação às promessas bíblicas. “Não me movo pelo que vejo, mas por aquilo em que creio”, recita, convicta. “Falei com o Senhor que eu precisava de uma porta aberta para conseguir honrar meus compromissos, além dos votos feitos na igreja” – entre eles, os dízimos e as ofertas, que observa desde que se tornou membro da Igreja da Graça, há 14 anos. Ela é bastante ativa no templo em Vargem Grande, na zona oeste carioca, onde atua no ministério infantil.

Ao lado do marido, Carlos, e da filha, Gabriella: para Vanda, aprender com a Palavra de Deus é fundamental Foto: Divulgação

De acordo com Vanda, um milagre começou a ocorrer há pouco tempo: “O Senhor usou tremendamente a vida de minhas clientes para me socorrer. Ele não abriu, mas escancarou as portas”, brinca. Agora, a profissional está mais confiante. “Deus supriu minhas necessidades muito mais do que pensei”. Para o futuro, ela planeja se dedicar ao trabalho e à família – Vanda é casada com Carlos e tem uma filha, Gabriella, de 26 anos – e, claro, permanecer fiel nas contribuições à obra do Senhor. “Creio no Deus do impossível”, encerra. 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *